terça-feira, 18 de julho de 2017

NÍVEIS ECOLÓGICOS DE SOBREVIVÊNCIA



Pirâmides Ecológicas


     As pirâmides ecológicas são úteis na representação dos níveis tróficos de um ecossistema, sendo que os decompositores não são incluídos nas pirâmides. Nelas, cada nível trófico é representado por um retângulo, no qual o comprimento é proporcional ao número de indivíduos na pirâmide de números; à biomassa, na pirâmide de biomassa; e à energia, na pirâmide de energia.

As Pirâmides Ecológicas  são classificadas em 3 diferentes níveis a conhecer:

a.     Pirâmide Numérica;
b.    Pirâmide de Biomassa;
c.      Pirâmide de Energia.





EXEMPLO DE REPRESENTAÇÃO DE UMA PIRÂMIDE ECOLÓGICA:




  Vejamos cada um desses níveis :


01.  Pirâmide de Números            
                    
A pirâmide de números indica a quantidade de organismos que há em cada nível trófico. Dependendo do ecossistema, a pirâmide de números poderá ter o seu ápice voltado para cima (pirâmide direta) ou voltado para baixo (pirâmide invertida).
  PORTANTO, representa a quantidade de indivíduos em cada nível trófico da cadeia alimentar.
a.   Pirâmide Direta



b.  Pirâmide  Invertida




  OBSERVAÇÕES :
  Quando em um ecossistema são necessários muitos produtores para alimentar poucos gafanhotos, que servirão de alimento para um número menor ainda de pássaros, utilizamos a pirâmide com o ápice para cima.
    A pirâmide com o ápice para baixo será utilizada quando, em uma floresta, uma única árvore sustentar um grande número de pulgões, que são comidos por um número menor de pássaros.

02.  Pirâmide de Biomassa


     Expressa a quantidade de biomassa, matéria viva acumulada em cada nível trófico da cadeia alimentar.
   A pirâmide de biomassa é construída a partir da avaliação das biomassas nos níveis tróficos de uma cadeia. Geralmente é expressa em peso seco (pois a água presente nesse material não é matéria orgânica, portanto não é utilizada como energia), por unidade de área (g/m2 ou kg/m2). A forma da pirâmide de biomassa pode variar de acordo com o ecossistema. Podemos ver na figura um exemplo de pirâmide direta de biomassa. Nessa figura podemos ver que oito toneladas de alfafa sustentam uma tonelada de bezerros em um ano e esses bezerros alimentam nesse período um adolescente de 47 kg.
    OBSERVAÇÃO:
    Biomassa é a massa de matéria orgânica(proteínas,carboidratos,lipídios) de um ser vivo ou de um conjunto de seres vivos que compõem um determinado nível trófico.
É representada pelo peso seco consumido numa cadeia alimentar e expressa a quantidade de matéria orgânica por área. É direta nos ecossistemas terrestres que têm produtores com biomassa muito maior que os consumidores. Porém é invertida em ecossistemas aquáticos onde os produtores são bem menores e consumidos em grande quantidade por consumidores cada vez maiores. Este tipo de ecossistema só pode existir devido ao alto grau de reprodução que é feito pelos produtores representados ali, geralmente o fitoplâncton.
    A Pirâmide de Biomassa também pode ser direta ou indireta :
       a.    Pirâmide de Biomassa Direta
    






b.      Pirâmide de Biomassa  Indireta
   Presente num Ecossistema Aquático






OBSERVAÇÃO:

   A Pirâmide de Biomassa pode também se apresentar invertida em alguns ecossistemas, como no caso dos oceanos e lagos. Nestes casos, os produtores são representados por algas microscópicas que compõem o fitoplâncton. Estas algas possuem um ciclo de vida bastante curto e se reproduzem rapidamente.
Já os consumidores primários são representados por  pequenos animais pertencentes ao zooplâncton. Como o zooplâncton consome rapidamente o fitoplÂncton, em dados momentos desta cadeia alimentar, a biomassa de zooplâncton é consideravelmente maior que a de produtores, invertendo a pirâmide.
Isto dá a falsa impressão de que uma biomassa pequena sustenta uma grande biomassa. Porém, deve-se lembrar que a medida de biomassa é feita em determinado momento e que, devido à alta taxa de reprodução do fitoplâncon e ao grande consumo realizado pelo zooplâncton, obtêm-se uma biomassa aparentemente menor de fitoplâncton.
 Veja no gráfico a seguir:
  
         
 Apesar de expressar melhor a transferência de matéria ao longo dos níveis tróficos, a pirâmide de biomassa possui duas desvantagens: 

1) -    Não leva em consideração o tempo. A biomassa é obtida para um dado instante, o que pode levar a distorções, como no caso da pirâmide para fito e zooplâncton; 

2) -    Dá a mesma importância aos diferentes tipos de tecidos vegetais e animais, que possuem composições químicas diferentes e, consequentemente, valores energéticos também diferentes.


  
03.  Pirâmide de Energia
    Expressa a quantidade de energia acumulada em cada nível da cadeia alimentar.
   Como a energia apresenta um fluxo decrescente, quanto mais distante dos produtores, menor será a quantidade de energia útil recebida.
 Por esse motivo, a pirâmide de energia não pode ser invertida.
    A pirâmide de energia indica a produtividade do ecossistema, considerando sempre o fator tempo. Por esse motivo, a pirâmide de energia nunca é invertida. Nessa pirâmide há a representação, em cada nível trófico, da quantidade de energia acumulada em determinada área (ou volume) por unidade de tempo.
O primeiro nível trófico da pirâmide representa a quantidade de alimento produzida pelos produtores do ecossistema em uma determinada área (biomassa), durante um  certo intervalo de tempo. Chamamos isso de produção primária bruta . Uma parte da PRODUÇÃO PRIMÁRIA BRUTA é utilizada pelo próprio produtor em seu metabolismo, outra parte é liberada sob a forma de calor. A matéria orgânica não utilizada pelos produtores é incorporada aos seus tecidos, ficando disponível para os níveis tróficos seguintes. A essa matéria orgânica damos o nome de produção primária líquida .
   Sendo assim, a PRODUÇÃO PRIMÁRIA LÍQUIDA é a energia disponível para o segundo nível trófico, representado pelos herbívoros. Dos alimentos que os herbívoros ingerem, parte é utilizada em seu metabolismo, e a outra parte é eliminada nas fezes e urina e na forma de calor. O que resta é incorporado aos tecidos do animal, e essa matéria orgânica incorporada é o que ficará disponível para o próximo nível trófico. Com os carnívoros ocorre o mesmo processo.

  OBSERVAÇÃO:

  As pirâmides ecológicas de energia nunca podem ser invertidas, pois o fluxo energético sempre diminui na passagem para o nível trófico seguinte.


  REPRESENTAÇÃO TÍPICA DE PIRÂMIDE DE ENERGIA






OBSERVAÇÃO:

     A energia solar captada pelos produtores vai-se dissipando ao longo das cadeias alimentares sob a forma de calor, uma energia que não é utilizável pelos seres vivos.  
    À medida que esta energia é dissipada pelo ecossistema, ocorre uma permanente compensação com a utilização de energia solar fixada pelos produtores, passando depois através de todos os outros elementos vivos do ecossistema.
   O nível energético mais elevado, nos ecossistemas terrestres, é constituído pelas plantas clorofiladas (produtores). O resto do ecossistema fica inteiramente dependente da energia captada por eles, depois de transferido e armazenada em compostos orgânicos. O nível imediato é constituído pelos herbívoros. Um herbívoro obterá, portanto, menos energia das plantas clorofiladas do que estas recebem do Sol.
     O nível seguinte corresponde ao dos carnívoros. Apenas parte da energia contida nos herbívoros transitará para os carnívoros e assim sucessivamente.
    Quanto mais curta for uma cadeia alimentar, maior será, portanto, o aproveitamento da energia.
                   
    




ATENÇÃO !

Pirâmide de Energia:

- Essas pirâmides nunca são invertidas: elas mostram sempre, de forma clara, o princípio da perda de energia a cada nível trófico. Um dos inconvenientes de qualquer tipo de pirâmide é o fato de não estarem retratados nelas os decompositores, que são uma parcela importante do ecossistema.






   A PIRÂMIDE  DA VIDA 

Componentes da  Cadeia Alimentar   


1 -  Produtores: são os organismos autotróficos clorofilados, ou seja, os que produzem seus próprios alimentos por meio da fotossíntese. Eles transformam a energia luminosa em energia química, sendo dessa forma o único processo de entrada de energia em um ecossistema.

2 -  Consumidores: são aqueles que se alimentam dos produtores (consumidores primários) ou de outros consumidores (consumidores secundários, terciários, etc.). Neste nível trófico estão os detritívoros, que são animais que se alimentam de restos orgânicos como urubus, abutres, hienas, moscas, etc.

3 -   Decompositores: são responsáveis pela reciclagem da matéria orgânica, fazendo a decomposição e a degradação em matéria inorgânica, que é reaproveitada pelos produtores dando continuidade ao ciclo. Estes são os micro-organismos como fungos e bactérias.


     TIPOS DE  ECOSSISTEMAS 

INTRODUÇÃO E  RESUMO:

Ecossistema designa o conjunto formado por todos os fatores bióticos e abióticos que atuam simultaneamente sobre determinada região. Considerando como fatores bióticos as diversas populações de animais, plantas e bactérias e os abióticos os fatores externos como a água, o sol, o solo, o gelo, o vento.
A alteração de um único elemento costuma causar modificações em todo o sistema, podendo ocorrer a perda do equilíbrio existente. Todos os ecossistemas do mundo formam a Biosfera.

 EXISTE DOIS TIPOS DOIS TIPOS DE ECOSSISTEMAS : AQUÁTICO E TERRESTRE.

 EXEMPLOS:

 A.     Ecossistemas aquáticos
a. Costeiros
b. Restingas
c. Manguezais
   Ecossistema aquático:
 -  Compreende todas as áreas com ambientes aquáticos de água doce e salgada, tal como rios, lagos, pântanos, mares, oceanos, entre outros.





B.    Ecossistemas terrestres
a. Amazônia – América Latina
b. Mata Atlântica –
c. Pantanal
d. Cerrado
e. Caatinga
f. Campos
g. Campos do Sul do Brasil
h. Mata de Araucárias do Brasil

       Ecossistema terrestre:
 -   Compreende toda a flora, fauna, micro-organismos e o meio ambiente que são compostos por água, solo e pela atmosfera que os mantém.






segunda-feira, 26 de junho de 2017

ENNCEJA - Como Será ?



ENCCEJA Certificado do Ensino Médio

 

 

Perguntas e Respostas 

 


1.  O que o ENCCEJA ?

Resposta :

       ENCCEJA, é um exame aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o mesmo órgão responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
     O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos –      ENCCEJA concede a certificação do ensino fundamental e também do ensino médio.

2.  Quando é aplicado o ENCCEJA ?

Resposta:
   
        O exame é aplicado anualmente, os estudantes testam as suas competências referentes a certificação que desejam receber.

3. Quem precisa do Certificado do Ensino Fundamental, pode fazer o ENCCEJA ?

Resposta:

         Os que precisam do ensino fundamental, devem realizar as inscrições para esse fim, já os que desejam certificação do nível médio devem fazer essa opção no ato da inscrição.

4.   Como se inscrever no ENCCEJA ?

Resposta:
  
        As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA, uma vez ao ano o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abre as inscrições para os jovens e adultos que desejam fazer as provas para obterem a sua certificação de conclusão do ensino fundamental e médio.
As inscrições são realizadas no site oficial do encceja, sendo o seu endereço eletrônico: encceja.inep.gov.br/inscrição

5.   Quem esta fora do Brasil  pode fazer o ENCCEJA ?

Resposta:

             O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA é aplicado no Brasil e no mundo para brasileiros residentes no exterior que queiram conseguir sua certificação. Para se inscrever, acesse ao site no período das inscrições, que costumam ocorrer no segundo semestre do ano, todos os anos.
No site oficial, faça a escolha da certificação deseja, ensino fundamental ou médio, após insira os dados pessoais solicitados, após a inscrição confirmada é só aguardar as provas. O Encceja não cobra taxa de inscrição.

6. Como é a composição do ENCCEJA ?

Resposta:

          ENCCEJA são compostas 4 cadernos de provas, cada um composto por 30 questões. A composição das provas são as mesmas para a certificação de ensino fundamental e médio, sendo diferente o conteúdo programático de cada prova, devido ao grau de exigência e habilidades necessárias de cada uma.


7.  Quais são as disciplinas que compõem as provas do Ensino Fundamental ?

Resposta:
    
a.       Língua Portuguesa,
b.      Língua Estrangeira Moderna,
c.       Artes e Educação Física,
d.      Matemática,
e.       História e Geografia;
f.       Ciências Naturais ,
g.      Redação.


8.  Quais são as disciplinas que compõem as provas do Ensino Médio ?

Resposta:

a.       Linguagens, Códigos e suas Tecnologias que abrange Língua Portuguesa,
b.      Língua Estrangeira Moderna,
c.       Artes e Educação Física,
d.      Matemática e suas Tecnologias,
e.       Ciências Humanas e suas Tecnologias ( História, Geografia, Filosofia e Sociologia),
f.       Ciências da Natureza e suas Tecnologias ( Química, Física e Biologia ),
g.      Redação.

9.  Quantos pontos preciso atingir para conseguir o Certificado ?

Resposta:

      Para conseguir o certificado, o estudante precisa de uma proficiência de no mínimo 100, a prova está entre 60 a 180 de proficiência.


10.  Qual a idade para Fazer o ENCCEJA do Ensino Fundamental ?

Resposta:
        
        Deve  ter a idade mínima de 15 anos completos na data de realização das provas.




11.  Qual a idade para Fazer o ENCCEJA do Ensino Médio ?

Resposta:

       Deve ter a idade mínima de 18 anos completos na data de realização das provas e ter concluído o ensino fundamental.

12.   Onde é válido o Certificado do ENCCEJA ?

Resposta:

        O certificado é válido em todo o território nacional e no mundo, como qualquer outro diploma de conclusão de ensino.


13.  Posso fazer o ENCCEJA por etapa ou tem que passar numa etapa só ?

Resposta:

       O estudante que consiga pontuação suficiente nas provas, mas que não passe em algum dos 4 cadernos de provas, no próximo Encceja, pode refazer somente aquela prova que não obteve pontuação suficiente. Assim não é necessário refazer todo o exame novamente.




RESUMO  DE COMO FUNCIONA O ENCCEJA.

O Exame possibilita a emissão de dois tipos distintos de documentos certificadores:
  • Certificado: O documento reconhece oficialmente que o educando cumpriu, na íntegra, todos os componentes curriculares (disciplinas) do núcleo comum do Ensino Fundamental.
  • Declaração de Proficiência: A certificação parcial comprova que o participante conseguiu cumprir um ou mais componentes curriculares (disciplinas) nas áreas avaliadas pelo Encceja.
O participante poderá solicitar aproveitamento dos resultados de uma ou mais áreas de conhecimento avaliadas em quaisquer edições anteriores do Encceja Nacional, para fins de certificação. É necessário que o participante apresente a Declaração de Proficiência à Unidade Certificadora, comprovando a eliminação de um ou mais componentes curriculares (disciplinas).
   

Data da prova Encceja 2017

Ainda não foi liberado pelo o Governo Federal um cronograma do programa, porém se o Governo seguir o padrão dos anos anteriores as provas destinadas ao programa ocorreram sempre no primeiro semestre de janeiro a fevereiro, meses tradicionais para a execução do exame.

 INFORMAÇÕES MAIS RECENTE SOBRE A DATA DO  ENCCEJA

   Existem alguns pré-requisitos para fazer a inscrição no Encceja. É necessário, por exemplo, ter idade mínima de 15 anos – na data da realização das provas – para garantir certificação de nível Fundamental. Essa idade aumenta para 18 anos quando falamos da conclusão do Ensino Médio para quem mora no exterior.

I)   Encceja 2017 Inscrições Brasil: 

      As inscrições são gratuitas e vão acontecer entre os dias 7 e 18 de agosto.

ii)  Encceja 2017 Inscrições Exterior: 

       Inscrições gratuitas, de 3 a 17 de julho.

CRONOGRAMA DO ENCCEJA

 A Prova do Encceja 2017 Brasil:  
     A prova será aplicada no dia 8 de outubro, nos períodos da manhã e tarde.

 B – Prova do Encceja 2017 Exterior:
        A prova será aplicada no dia 10 de setembro.
  Locais de prova no Exterior: 
   a. New York e Boston (Estados Unidos), 
   b. Bruxelas (Bélgica), 
   c. Caiena (Guiana Francesa), 
   d. Lisboa (Portugal), 
   e. Londres (Reino Unido), 
   f. Amsterdã (Holanda), 
   g. Madri (Espanha), 
   h. Paris (França), 
   i.  Ota, Nagóia e Hamamatsu (Japão), 
   j. Genebra (Suíça).

Inscrições Encceja 2017 Brasil:
       As inscrições gratuitas vão acontecer entre os dias 7 e 18 de agosto.

– Inscrições Encceja 2017 Exterior:  
       As inscrições gratuitas vão acontecer do dia 3 a 17 de julho.

Quem poderá fazer a Prova do Encceja: 
       -  para fazer a prova do Encceja de nível fundamental, os interessados devem ter a idade minima exigida de 15 anos. Já os participantes do nível médio precisam ter a idade minima de 18 anos.

Como será a prova Encceja:
    As provas do Encceja 2017 serão compostas por 30 itens de múltipla escolha e para obter o certificado Encceja o participante deve acertar pelo menos 50% das alternativas em cada área, inclusive na redação. No total, serão 120 questões e mais a redação.

O que vai cair na prova do Encceja em 2017:
     O Inep informou que a prova terá as mesmas referências do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O edital do Encceja 2017 com todos os detalhes será publicado no dia 24 de julho.




TUDO SOBRE O ENCCEJ NO SITE DO MEC :

http://portal.mec.gov.br/encceja



Veja tudo na íntegra no SITE  do  INEP :


Veja como Estudar no endereço :

https://www.primecursos.com.br/inep/encceja-ensino-fundamental


   
OBSERVAÇÃO:

   AS PROVAS DO ENCCEJA  ERAM REALIZADAS  EM CONJUNTO COM O ENEM, A PARTIR DE 2017, AS PROVAS SERÃO REALIZADAS  INDEPENDENTEMENTE.


VEJA  AS PROVAS ANTERIORES NO ENCCEJA  NO ENDEREÇO ABAIXO :

http://portal.inep.gov.br/provas-e-gabaritos


MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O ENCCEJA  NO SITE:


   SOBRE AS PROVAS :

   http://pronatec.pro.br/encceja-2017/

domingo, 25 de junho de 2017

Ética x Moral

 A ÉTICA E A MORAL

 
ENTENDENDO  A PROBLEMÁTICA  DA ÉTICA E DA MORAL 
NUMA SOCIEDADE CULTURALMENTE TÃO  PLURALISTA.


     Ética diz respeito aos assuntos morais, e moral, é o conjunto de regras adquiridas através da cultura, da educação, da tradição e do cotidiano, e que orientam o comportamento humano dentro de uma sociedade. A moral se fundamenta na obediência a normas, costumes ou mandamentos culturais, hierárquicos ou religiosos e a ética, busca fundamentar o modo de viver pelo comportamento humano.  Ética é o costume ou hábito, que busca a fundamentação para encontrar o melhor modo de viver, busca o melhor estilo de vida. Podemos entender  este conceito através  da observação de certas ações do cotidiano, quando nos referimos ao comportamento de alguns profissionais, tais como: jornalistas, advogados, médicos, empresários, professores e dos indivíduos que são atualmente um péssimo exemplo para esse conceito: os políticos.
     A ética abrange uma vasta área e para controle e valorização profissional, existem códigos de ética profissional, que indicam como um indivíduo deve se comportar no âmbito da sua profissão, já a ética e a cidadania indicam a base de uma sociedade próspera.
     Com referência a ilustração, que representa uma sala de aula, onde o profissional líder é o professor, este é peça fundamental  na formação das pessoas que o cercam ( alunos principalmente ), supondo que este mestre seja detentor de conhecimentos de valores éticos e morais da sociedade em que vive, espera-se que este desempenhe o papel primordial na formação e na passagem de valores que transforme o homem e a sociedade em um ser e um ambiente respectivamente ideal para as boas práticas éticas e moral, tornando assim o mundo mais ordenado e mais agradável para se viver.




REFLEXÃO SOBRE POSTURA ÉTICA DE UM PROFESSOR



           Postura Ética de um Professor em Sala de Aula

 


      A adversidade cultural esta presente no contesto, e a instituição escola, é a responsável por acolher essa  adversidade e construir sua história acolhendo-a na unidade. A realidade das diferentes culturas deve ser levada em questão, pois, observa-se na figura às diferentes adversidades culturais no grupo em questão. A ética, a crítica e o questionamento com referência a valores sociais e costumes de cada indivíduo deve ser observado e   respeitado, pois, as mudanças surgem com as condições históricas de cada sociedade, e num grupo heterogêneo de culturas sempre haverá conflitos. Nessas condições, a possibilidade de existir conflitos entre as diferentes opiniões, crenças e valores sempre existirá. Cada comunidade apresenta um tipo de comportamento diante do que é considerado bom ou ruim, e as crenças e tradições de cada povo deve  ser respeitada. A problemática está em como resolver as questões de conflitos que surgem  diante de tanta adversidade cultural. O professor diante de tanta riqueza e diversidade de valores culturais, deve procurar um caminho de ação para minimizar e resolver as contradições que acontecem na comunidade escolar. O professor deve ser um mediador e um estimulador do diálogo entre os grupos que apresentam conflitos.  As regras, as normas e as tomadas de decisão no ceio escolar, muitas vezes, contraria alguns interesses e não satisfaz na sua totalidade aos integrantes daquele grupo tão diversificado culturalmente. A convivência ética, social e escolar, está a mercê de alguns conflitos que podem ser de difícil solução, pois, há diferenças culturais e valores sociais em conflito. Os conflitos religiosos podem está presente quando diferentes nacionalidades e descendências fazem parte de um mesmo grupo escolar. As leis e as normas adotadas por uma comunidade ou um país,  pode ser conflitante para a convivência de um grupo tão diversificado culturalmente como a escola. Neste ponto cabe ao professor ser um mediador entre estes conflitos. Se a escola for considerada como um local para o intercâmbio cultural, já mais, as manifestações culturais de um indivíduo deve ser  reprimida, seja ela através do uso de adornos, do modo de se vestir, dos costumes representativos de um povo, pelo contrário os valores devem ser respeitados e estudados para melhor compreensão entre os povos.  A escola é um local onde cabeças pensantes devem está presente, e deve assumir o seu papel primordial, que é o de pensar sobre as condutas a tomar diante de uma sociedade tão diversificada culturalmente, onde o que parece ser correto para um é considerado inadequado para outro.

       O Professor é o centro das atenções no sistema educacional e geralmente é considerado um modelo de ética e de conduta a ser seguido.
      Durante suas falas ou discursos, esse professor deve ter uma coerência nas teorias a serem apresentadas e ensinadas. Nesse contesto, quando esse professor apresenta um posicionamento democrático, tolerante e tem como foco um discurso de aceitação das diferenças culturais e comportamentais, não é aceitável que este se irrite quando seus alunos apresentam um comportamento de desatenção durante uma aula.  Este professor tem que demonstrar a capacidade de transformar aquela adversidade  em um ambiente que desperte a atenção dos alunos em questão, mantendo a ordem no ambiente escolar e com isso  possibilitando a seqüência do ensino,  que transforma e garante o processo do ensino-aprendizagem. 
        Ao educador consiste, manter atitudes que sejam coerentes com um processo democrático e garantir cortesia e harmonia entre os discentes, assim, objetivando a formação de cidadãos  conscientes de seus direitos e deveres, contribuindo para uma sociedade livre e  harmônica, tornando a vida bem melhor para todos.
        Para atingir tais objetivos, a escola deve ter um papel de fomentar e aprimorar  debates éticos, sobre as condutas e ações dos seres humanos em sociedade, deve destacar os valores éticos e morais, que são incorporados ao comportamento humano, pois, esses valores são frutos da criação dos homens e podem e devem ser aprendidos por eles.
      No mundo atual vemos que a sociedade vive em constante mudança de valores, e nesse contesto, a escola pode e deve  propor debates que venham aprimorar e desenvolver novos propósitos que ajudem a entender e a formar valores, que ajudem a construir medidas de condutas que facilite a convivência em sociedade.  Temos que pensar que o professor e  a escola tem a difícil tarefa de formar cabeças pensantes, só assim as relações humanas poderão ser harmônicas entre as diversas maneiras e diferenças exercidas por uma sociedade, onde se tem pessoas oriundas de diferentes culturas.

   Referências Bibliográficas   
 MARIA SOARES DE FREITAS, Hélia; ANAGELO DE BARRENECHE, Miguel. Filosofia e Educação - UNIRIO. Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ, 2014. 253 p.
Com autor no texto: ... Maria Soares de Freitas e Anagelo de Barreneche (2014)
Com autor entre parênteses: ... (MARIA SOARES DE FREITAS; ANAGELO DE BARRENECHE, 2014)
M. DE BARROS DIAS, J. Ética e Educação. São Paulo: ISBN V. Impressa, 2013. 84 p.

domingo, 28 de maio de 2017

PRINCIPAIS BIOMAS DO BRASIL



Biomas do Brasil         

O que é Bioma ?

- o conceito de Bioma fala da uniformidade de características ecológicas  predominantes numa dada área, num dado ecossistema, num conjunto de comunidades.
   Basicamente se tem uma uniformidade da variação de temperatura, de umidade, ao longo do dia, ao longo do ano naquele local. Existe uma série de condições edáficas dentro de uma certa amplitude de variação que permitem que a maior parte dos organismos que convivem ali, esteja  vivendo comunitariamente, compartilhando aquelas características.
   
Observação:

Os principais biomas brasileiros são: Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Pampas, Caatinga e Pantanal.
    
    Amazônia

   A  Amazônia é a maior floresta tropical úmida do mundo, ela é o nosso maior Bioma, e ocupa aproximadamente 45% do território nacional.
     A Amazônia guarda a maior adversidade biológica do planeta, porém muitas espécies, tanto de animais quanto de plantas são desconhecidos.
     Sua variedade de fauna, flora e hídrica, são resultado de um processo de formação  longo e complexo, que duram muitos milhões de anos, eventos como invasões dos oceanos e o surgimento dos Andes são responsáveis pela Amazônia que conhecemos hoje.
     Desde o começo do terciário, aproximadamente 65 milhões de anos atrás da já já existiam florestas cobrindo grande estações de muitos territórios de mundo, o mesmo se dá com a América do Sul.
      Aparentemente  temos que olhar para as nossas florestas como Biomas antigos, dos mais antigos que a gente possui.
     
Mata Atlântica
   A Mata Atlântica é formada por um mosaico de formações florestais que cobriam aproximadamente 45% do território brasileiro, hoje apresenta 7% da mata restou bem conservada.
    A  Mata Atlântica  tem uma história complexa  devido a sua extensão latitudinal, enquanto a  Amazônia tem basicamente uma grande extensão territorial  numa faixa estreita, a Mata Atlântica é uma ampla faixa latitudinal. Esta faixa vai do Nordeste até a Argentina, sul do Brasil.
     Caatinga
   A Caatinga cobre 10% do Território Nacional, e está situada na Região  Nordeste do Pais, a região é de clima semi-árido, com altas temperaturas e baixas precipitações anual. A Caatinga é caracterizada por uma vegetação que cresce sobre um  solo arenoso ou pedregoso, é composta por Cactos, é compostas por cactos e por arbustos  que perdem as folhas nas estações secas.
     A Caatinga   possui uma grande diversidade de plantas com alto grau de organismos, como lagartos e abelhas.

     Cerrado

   O Cerrado, é uma savana tropical muito rica em espécies, o fogo natural é responsável pela distribuição vegetal do cerrado, sua vegetação é adaptada ao fogo  e mostra um aspecto retorcido cascas espessas.
    O Cerrado fica na porção central do Brasil e forma junto com a Caatinga a diagonal seca, que forma um conjunto de Biomas com climas seco, entre a Amazônia e a Mata Atlântica.
   Estudos recentes indicam que a diversidade das vegetações do cerrado é mais recente e provavelmente ocorreu a partir de florestas úmidas adjacentes.
    O conhecimento das variações de temperatura no mundo ao longo dos milhões de anos, associados no conhecimento da evolução da topografia dos terrenos, dos tipos de solo, solos que só se formam sobre climas muito seco estão coordenando para contar a história que serrado só existe aproximadamente entre 30 ou 20 milhões de anos para cá e dessa forma a hitória dos fósseis também nos conta, que fósseis de plantas de família típicas de serrado,  típicos  de caatinga são mais recentes.
     O interessante é ver que muitos desses grupos de serrado e caatinga parecem ser produtos de linhagem florestal, então essas plantas existiam nas florestas e a medida apareceram ambientes não florestais, houve a  oportunidade de algumas linhagens tentarem colonizar essa área nova e elas fizeram muito bem.

    Pantanal

   O Pantanal é considerado a maior área continental úmida do planeta e é constituído principalmente por savana estépica alagada.  Ela ocupa menos de 2% do território brasileiro, estende-se  pelo Mato Grosso , Mato Grosso do Sul, Paraguai e Bolívia, onde é conhecida como  Chaco ou Gran Chaco. O Pantanal é um dos ecossistemas mais ricos do Brasil e também é importante ponto de parada para as aves migratórias do Neo-Artico.

 Observação:
  -  O Chaco ou Gran Chaco, é uma das principais regiões geográficas da América do Sul. Possui aproximadamente 1 280 000 km2 e abrange partes dos territórios da Bolívia, Argentina, Paraguai e Brasil.
Caracteriza-se por muitos ecossistemas e climas distintos, que variam dos pampas a florestas e semi-árido. As temperaturas oscilam entre -7 °C no inverno e 47 °C no verão. O regime de chuvas também é bem diversificado, indo de 400 milímetros ao ano na região oeste até atingir 1 600 milímetros já próximo a Assunção, no Paraguai.

        Pampa

     O Pampa ou Campo Sulino, ocupa cerca de 2% do território brasileiro, sendo o único Bioma do País presente em somente um Estado, o Rio Grande do Sul.
     O pampa é constituído principalmente por relevo de planície e vegetação campestre, como: gramíneas, erbáceas e algumas árvores.
     
      Ambientes Costeiros
    Os Ambientes Costeiros não são considerados Biomas por conta de suas variáveis características ecológicas.
    A costa brasileira é bastante antiga, e se formou após a separação entre a América do sul e a África, à aproximadamente  120 milhões de anos.
     Hoje é possível encontrar diversos tipos de ambientes ao longo de 8 mil Km de extensão do litoral brasileiro, como:  manguezais, praias, restingas, dunas, recifes de corais, costões rochosos, ilhas, etc...
     Cada Bioma  é resultado de um processo longo e complexo, nós humanos destruímos  boa parte deles num espaço de tempo infinitamente menor, portanto são necessárias medidas que visem a conservação desses ambientes garantindo  a sua manutenção para gerações futuras.
     Quanto tempo cada bioma  pode existir ?
     Tudo depende das condições e gentes que permitam que ele se mantenha, eu acredito que o que agente tem de resposta atual, é que esta havendo um aquecimento Climático Global, se é a causa antrópica ou não,  não vou discutir aqui, mais a  tendência, é de estarmos entrando num aquecimento Global de novo, fato que vai levar a alguns Biomas serem favorecidos e outros a serem prejudicados.
     
   Observação: 
    -  Antrópico é um têrmo usado em Ecologia que se refere à
tudo aquilo que resulta da atuação humana. 
       Por exemplo: acão antrópica é a ação do homem sobre o
habitat e as modificações dela resultantes.